Tratamentos

CONVERSAR COM O CABELO DA SUA CLIENTE É FUNDAMENTAL!

9 ago , 2019  

Assim como as pessoas, os cabelos se diferem entre si, por isso, é importante conhecer e entender as madeixas de cada cliente para que o resultado seja o esperado e ela saia do seu salão com um sorriso de orelha a orelha, trazendo ainda, mais amigas ao lugar.

Para que isto ocorra, é preciso inicialmente dominar quais são os tipos de cabelos, suas curvaturas e a estrutura da fibra. Dessa forma, ao observar os fios da cliente, você conseguirá identificar cada característica e fazer as perguntas certas antes de iniciar o procedimento desejado.

TIPOS DE CABELOS

Há três tipos de cabelos, os secos, normais e oleosos:

SECOS – Apresentam pouca oleosidade junto ao couro cabeludo, tornando assim, mais difícil para pentear e desembaraçar. Muitas vezes são volumosos e elétricos. Em casos como este, uma boa hidratação é sempre bem-vinda! Salvatore Indica:

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Salvatore Cosméticos (@salvatorecosmeticos) em

NORMAIS – Apesar de não possuírem excesso nem tão pouca falta de oleosidade, os cabelos normais podem apresentar ressecamento nas pontas por vários fatores, como naturais, físicos, químicos, entre outros, tornando-se cabelos mistos. Por isso, evite máscaras hidratantes do comprimento para as pontas. Salvatore Indica:

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Salvatore Cosméticos (@salvatorecosmeticos) em

OLEOSOS – Estes tipos de cabelos possuem maior propensão a desenvolverem caspas e seborreias, e também são mais suscetíveis a queda. Por esses motivos, é importante cuidar dos fios, usar produtos específicos para cabelos oleosos e fazer máscaras hidratantes somente nas pontas, sem excesso. Cabelos lisos tendem a produzir mais oleosidade. Salvatore Indica: 

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Salvatore Cosméticos (@salvatorecosmeticos) em

CURVATURA DOS CABELOS

Os fios podem ser muito ou nada curvado. Tudo depende da estrutura do seu nascimento e o futuro de sua extensão. Podemos classificar assim, os cabelos em 3 tipos de curvaturas:

LISOS – A estrutura é cilíndrica, formando um fio mais pesado. Por ter a lubrificação normal ou excessiva, geralmente são cabelos naturalmente hidratados.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Salvatore Cosméticos (@salvatorecosmeticos) em

ONDULADOS – Com estrutura levemente achatada, formam fios que ficam entre o liso e o cacheado com suaves ondulações. Podem sofrer ressecamento no comprimento e nas pontas, por ter lubrificação normal ou deficiente.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Salvatore Cosméticos (@salvatorecosmeticos) em

CRESPOS – Formam fios enrolados da raiz até as pontas, com estrutura achatada. A lubrificação é deficiente, o que faz com que geralmente os cabelos se tornem secos. Para cada curvatura, há uma Fitagem: encontre a sua!

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Salvatore Cosméticos (@salvatorecosmeticos) em

Contudo, mesmo as curvas dos fios sendo um fator natural, podem ser alteradas com tratamentos que visam modificar esses formatos.

ESTRUTURA DA FIBRA

A estrutura da fibra é dívida em Medula, Córtex e Cutícula:

MEDULA – É o centro do fio, geralmente somente os fios mais espessos possuem medula.

CÓRTEX – É o responsável pela força, estrutura, elasticidade e cor dos cabelos. Basicamente 90% do peso total dos fios são representados pelo córtex.

CUTÍCULA – Protegem o córtex e a medula, além de conferirem o brilho e o aspecto saudável dos fios.

UMA BOA CONVERSA É TUDO

Para fazer um diagnóstico certo e preciso dos cabelos é importante, antes de tudo, saber qual o desejo da cliente. Por isso, uma boa conversa é fundamental para conhecê-la e saber, por exemplo, se ela pretende alisar totalmente, só reduzir o frizz ou diminuir um pouco o volume.

É importante observar se o couro cabeludo está saudável, se é denso, poroso, resistente, entre outras características.

Após o diagnóstico, diga o resultado deste, o que vai fazer, como será feito e o tempo estimado para o procedimento. Antes de aplicar os produtos, faça o teste de mechas e/ou teste de alergia na cliente, para que não haja desconfortos e nem surpresas indesejadas durante a aplicação.

Fique sempre atenta aos alertas das embalagens!

PERGUNTAS PARA FAZER

– Como você deseja o seu cabelo?

– Quais os produtos habituais para cuidados diários e químicas utilizadas nos últimos seis meses?

– Como é a sua rotina, no dia a dia, de cuidados com os cabelos?

– Faz o uso constante de pranchas e secadores?

– Qual ou quais os procedimentos químicos já fez na vida?

 

Fios analisados, perguntas feitas e respondidas, hora do show!

Para adquirir os produtos recomendados, dê uma passadinha no nosso site https://www.lojasalvatorecosmeticos.com.br/.

 

 


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *